O destino do jornal – Lourival Sant’Anna

Após a popularização da internet nos anos 90, cogitou-se a possibilidade de uma futura extinção dos jornais e de suas publicações. Foi então que Lourival Sant’Anna, jornalista e repórter especial do jornal O Estado de S.Paulo, teve a iniciativa de retratar em seu mestrado, as crises sem precedentes e a atual situação dos jornais brasileiros, diante da massificação da internet e do bombardeio de informações fragmentadas, vindas de diferentes meios, e de todos os lados.

Dessa maneira surgiu o livro O destino do jornal, resultado da dissertação de mestrado do autor pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP). O livro teve como tripé do estudo, o novo paradigma dos jornais em relação aos desafios das mudanças nos hábitos de leituras, concorrência e inovações tecnológicas. Investiga e analisa os três grandes jornais brasileiros de grande circulação, a Folha de S. Paulo, Globo e o Estado de S. Paulo, apresentando ainda as opiniões dos editores em relação ao futuro do jornal impresso.

O intuito de Lourival Sant’Anna é o de explicar a realidade e se manter focado nas questões chave do Jornal impresso diário, sobretudo na verdade e credibilidade da informação e identificar o que há de estrutural e para além do crítico.

O livro aborda também a perda de audiência e do interesse a cerca de um jornal. Isso não ocorre pela falta de informação ou de apetite do leitor. Afirma que o leitor de hoje busca informações em vários veículos para construir o que pensa da informação e não mais se fixa em um único meio de comunicação.

O autor revela que o jornal muitas vezes chega a ter um sinônimo maior de obrigação do que de prazer. E acaba por fazer com que o público selecione ou busque refúgio em outros meios de comunicação, que mais lhe convenham e que exijam menos e ofereçam mais. Por ser pesado e sisudo o leitor deseja que o jornal seja mais agradável e amigável e, sobretudo, ter prazer ao lê-lo sem ser obrigado a digeri-lo.

A diminuição da leitura dos jornais impressos pela população brasileira é resultado de um fenômeno mundial. A queda da leitura também atinge os países mais avançados e mais ricos. As pessoas estão dedicando menos tempo para a leitura e se direcionam mais para jornais locais e revistas especializadas. No entanto, os jornais de qualidade continuam mais rentáveis que os jornais populares e locais, que com o tempo passaram favoravelmente a contar com o aumento de credibilidade de forma acelerada e bem depressa.

Cita a importância do jornal na riqueza de detalhes em comparação a distribuição de informações fragmentadas. Frisa também o esquecimento do jornal, em relação ao bombardeio de noticias distribuídas por todos os meios, no dia anterior, ou à medida que os fatos ocorrem.

Com rigor jornalístico e metodologia acadêmica, o autor aborda também outros assuntos como o índice de qualidade editorial, conceitos e tendências, motivação dos leitores e anunciantes. Sobretudo indica os melhores rumos e as futuras tendências para o contínuo exercício da profissão. Escrito com linguagem clara e precisa, é indicado para estudantes de comunicação, profissionais do ramo e também ao vasto público de curiosos e interessados no destino do jornal.

Referências:

SANT’ANNA, Lourival. O Destino do Jornal. Rio de Janeiro: Editora Record LTDA,

2008.

Anúncios

Sobre Jéssica Bárbara Cegarra

Copyright © 2008 Ltda. - Todos os direitos reservados. Ver todos os artigos de Jéssica Bárbara Cegarra

Uma resposta para “O destino do jornal – Lourival Sant’Anna

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: