Um destino

pp

Eu não sei realmente dizer o que é o melhor do jornalismo e a quem unicamente quer ele referir o seu enigma.

Ninguém nunca teve de desenvolver tantas novidades e diversificações, criadas verdadeiramente pela circunstancia e também pelo capitalismo como atualmente em prol sempre das renovações. A propaganda que o diga! Ela esteve presente também dentre minhas duvidas sobre qual rumo seguir. Mas definitivamente os enigmas do jornalismo me seduziram.

Creio que para poder desenvolver muito bem essa profissão seja necessário estar bem e seguro de si mesmo com as pernas bem firmes no chão, pois do contrario não se pode absolutamente amar. E o amor, nos meios de comunicação é a guerra diária, aquela em que todos saem mais ricos, sobretudo ricos de si mesmo, sempre renovado e compenetrado quase pelo sopro de um zéfiro mais tenro. Também é importante salientar que é importante estar cheio de intenções, repleto de novas vontades e de novas energias, e acima de tudo fazer acontecer o transbordar de reações originais…

Não basta “suportar” o que é necessário, diante da necessidade; deve-se amá-lo. O trabalho, a profissão e o conhecimento da realidade é para o homem também fonte de uma necessidade vital.

Sobretudo para nós jornalistas, aquilo que não se intuiu porque não se viveu NÃO é para nós incompreensível! Sejamos sempre imparciais como a chuva que molha a todos!

Anúncios

Sobre Jéssica Bárbara Cegarra

Copyright © 2008 Ltda. - Todos os direitos reservados. Ver todos os artigos de Jéssica Bárbara Cegarra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: