Semiótica da loucura

falta de razão

A semiótica da loucura nos mostra como um signo tão complexo e que de certo modo taxado de forma ruim pode se mostra ao mesmo tempo uma coisa boa, assim como uma fonte de sabedoria e que impulsiona e move o mundo.

De mãos dadas com os valores novos, a loucura em signo transparece a realidade da exceção, e quando possuí o olhar da primeiridade enxerga longe os supostos ideais a serem seguidos em prol do triunfo e da superação.

A loucura então de fato se liberta da tradição, caracteriza o grão de sabedoria e de ousadia. Na Grécia exprimiam vigorosamente que através da loucura chegaram os maiores bens, disse Platão. Em suma, a semiótica da loucura que abordamos, não abrange o distúrbio mental ou psíquico, mas sim uma maneira bela de se viver a vida.

Anúncios

Sobre Jéssica Bárbara Cegarra

Copyright © 2008 Ltda. - Todos os direitos reservados. Ver todos os artigos de Jéssica Bárbara Cegarra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: